Caieiras
História de Caieiras

A história de Caieiras surgiu no século XIX quando o Cel. Antônio Proost Rodovalho, comprou uma fazenda ao longo do Rio Juqueri-Guaçu, nas proximidades de onde formou-se a cidade de Caieiras. A existência em abundância de um importante mineral próprio para a fabricação da cal. O Coronel Proost Rodovalho que era conhecido por seu empreendedorismo no comércio, agricultura e nas instituições financeiras, por volta de 1877 mandou construir dois fornos, passou a produzir a Cal e transporta-la em lombos de mulas até a estação ferroviária de Perus - Ferrovia The São Paulo Railway Company Limited, conhecida na época apenas por "Inglesa".

Origem do nome

Os fornos de cal foram inspiração para a denominação - Caieiras e surgiu em 1883, com a implantação da Estação Ferroviária da cidade. Era costume utilizar as características do lugar onde a ferrovia seria implantada para sua denominação.

Esse produto tinha grande valor no país, que preanunciava um crescimento intenso da industrialização na virada do século, exigindo matéria prima para a construção civil.

Atual Prefeito

Gerson Romero - Prefeito da cidade de Caieiras - é natural de Caieiras, casado e pai de três filhos. Empresário e formado em Direito pela Universidade Paulista, Gersinho atua no ramo industrial há mais de 25 anos. Foi vereador por duas vezes, vice-prefeito também por duas vezes e eleito prefeito em 2016.

Em sua vida política, como vereador, secretário de obras e vice-prefeito e agora como prefeito, Gersinho Romero esteve a frente de várias conquistas em prol da população caieirense e de toda a região, como um sonho antigo do povo caieirense: a construção do viaduto sobre a estação ferroviária, que ajudou a desafogar o trânsito, possibilitando mais fluidez no tráfego de veículos tanto no sentido capital-interior quanto no interior-capital.

Na vereança, uma das conquistas de Gersinho foi trazer o PAT (Posto de Atendimento do Trabalhador) e como vice-prefeito, conquistou o Poupatempo e o DetranSP no município, a agência do INSS, a Escola Técnica Estadual (ETEC), o Centro Dia do Idoso, e cinco Núcleos Educacionais de Caieiras (NECs).

Gersinho também buscou a criação e o fortalecimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego, que atualmente atende milhares de pessoas por ano realizando a captação de vagas e encaminhamentos para processos seletivos, seguro-desemprego, e, através de parcerias com o Sebrae o Senai, cursos, palestras e oficinas de capacitação profissional, fomentando o empreendedorismo no município e o crescimento da economia local, uma de suas principais bandeiras, assim como a mobilidade urbana, tema pelo qual ele tem lutado, junto ao Governo do Estado, por um acesso da Estrada Velha de Campinas até as Rodovias Anhanguera ou Bandeirantes.

Dados Geográficos

Altitude 721,268 metros acima do nível do mar
Latitude sul 23º 20'
Longitude W-Gr 46º 44'
Área total 104 km2

Apresenta clima médio temperado e inverno seco. O solo caieirense é do tipo argiloso-silicoso, irregular, onde se elevam as serras da Cantareira e Ajuá em inúmeros morros. Entre eles, destacam-se os morros do Cabelo Branco e do Tico-Tico.

Divisas Municipais

O município de Caieiras apresenta ao seu redor os seguintes limites, conforme documentos geográficos:

Norte: Franco da Rocha
Sul: São Paulo
Leste: Mairiporã
Oeste: Cajamar



Brasão e Bandeira